Misael Antonio do Prado Rego
*21.01.2001    +19.09.2018

Caso Misael Antônio do Prado Rego

O jovem de 17 anos permaneceu por vinte e sete dias desaparecido, pelo período que se deu de 18/08/2018 até 11/09/2018. Após buscas incansáveis por todos os locais possíveis, a mãe do garoto, Denny Prado, após ver um aglomeramento próximo a região onde mora, recebeu a notícia de que naquele local, conhecido com mata, estaria o corpo de seu filho Misael.

O menino teria sido assassinado e o corpo parcialmente carbonizado. Um dos suspeitos do caso está detido e aguarda julgamento. Quanto a motivação do crime, nada se foi descoberto até o momento, sendo inclusive, que o acusado, não assumiu o crime e esta detido por outro assassinato.

Dos fatos

O jovem de 17 anos permaneceu por vinte e sete dias desaparecido, pelo período que se deu de 18/08/2018 até 11/09/2018. Após buscas incansáveis por todos os locais possíveis, a mãe do garoto, Denny Prado, após ver um aglomeramento próximo a região onde mora, recebeu a notícia de que naquele local, conhecido com mata, estaria o corpo de seu filho Misael.

O menino teria sido assassinado e o corpo parcialmente carbonizado. Um dos suspeitos do caso está detido e aguarda julgamento. Quanto a motivação do crime, nada se foi descoberto até o momento, sendo inclusive, que o acusado, não assumiu o crime e esta detido por outro assassinato.

No dia 18/08/2018 o jovem Misael tomou café por volta das 18 horas e saiu sem dizer nada para a mãe. O que era normal pois por morar há muito tempo na região de Taipas, conhecia e era conhecido de todos, principalmente porque o garoto saia para usar o WIFI do local.

No entanto, as horas foram passando e o Misael não retornava.

Um dia após o desaparecimento do garoto, sua mãe Hildenise, conhecida como Denny, se dirigiu a delegacia responsável da região para lavrar o Boletim de Ocorrência, referente ao Desaparecimento.

 

Essa busca incansável permaneceu até o momento em que um vizinho disse ter visto Misael  no dia anterior ao seu desaparecimento conversando com uma pessoa conhecida como Paulinho “vulgo” coveiro...

Diante dessa nova informação, Denny tratou de ir buscar notícias junto a esse rapaz, que lhe garantiu ter apenas tido uma breve conversa com Misael, nada de relevante.

O drama da família continuou. Denny, a mãe do garoto, fez uma maratona que seguiu há dias, por hospitais,  IML, casas de amigos, pistas que chegavam, mas que não resultavam em absolutamente nada!

 

No dia 11/09/2018, Denny que teria uma consulta medica agendada, seguia para pegar uma condução  quando viu uma aglomeração, onde haviam muitas pessoas e policiais. 

Intuitivamente, a mãe se incomodou com aquela situação, retornou da esquina onde seguia e parou para perguntar o que havia acontecido naquele local. A informação que obteve, foi que uma mulher havia sido assassinada pelo Paulinho “coveiro”.

 

Não tendo nada que pudesse acrescentar, Denny seguiu à consulta médica, quando por volta das 14 horas, sua irmã chegou a clínica, e lhe informou que naquele local de aglomeração, haviam dois corpos, ou seja, a mulher e mais um garoto que pelas características, parecia der de Misael.

Imediatamente, a mãe de Misael foi até a região da localização, mas, não havia a mínima condição de fazer o reconhecimento, já que o corpo estava em estado avançado de decomposição e parcialmente carbonizado.

Conforme os comentários das pessoas da região, me foi informado que o responsável pelos crimes havia sido esse tal de Paulinho “Coveiro”...

O laudo da confirmação da identidade do corpo, saiu dia 19/09/2018, onde se foi contatada a identidade de um, era de fato de Misael Antônio do Prado Rego.

 

Esse homem conhecido como Paulo “Coveiro” (Paulo Roberto), esta detido, por ser responsabilizado por uma das mortes ocorridas naquele local, num total de três, todas da mesma forma e em datas diferentes, e aguarda julgamento.

Misael tinha apenas 17 anos de idade.

 

Por Elizabeth Misciasci

Webdesign Elizabeth Metynoski *Todos os Direitos Reservados*