Felipe Silva Caffé
*01.07.1984    +31.10.2003
Estudante brilhante de um colégio em São Paulo, foi acampar com a namorada Liana Friedenbach, em Embu Guaçu quando foram sequestrados por uma quadrilha de bandidos. Esta quadrilha era chefiada pelo menor apelidado de "Champinha", que ja era conhecido pela polícia do local, pois desde os 13 anos cometia toda espécie de crimes na região e com 16 anos na época do sequestro comandava uma quadrilha de homens adultos muito mais velhos que ele. Logo no início do sequestro "Champinha" deu a ordem de execução de Felipe, que foi morto após se ajoelhar com um tiro de espingarda na nuca, quem deu o tiro foi um dos mandados do "Champinha", conhecido como Pernambuco. Os assassinos foram presos alguns dias depois dos crimes. Em julho de 2006, Antonio Caetano da Silva, Agnaldo Pires e Antônio Mathias de Barros foram condenados pela Justiça a 124, 47 e 6 anos de prisão, respectivamente. Em novembro de 2007, Paulo César da Silva Marques, o "Pernambuco", foi condenado a 110 anos e 18 dias de prisão pelo assassinato. "Champinha", considerado o líder do bando, era menor de idade na época da morte do casal e foi internado na Unidade Experimental de Saúde da Unidade Tietê da Fundação Casa (antiga Febem), na Vila Mariazona norte de São Paulo, onde permanece desde então.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Caso_Liana_Friedenbach_e_Felipe_Caff%C3%A9

Webdesign Elizabeth Metynoski *Todos os Direitos Reservados*