Carlos Alexandre
*10.12.2001    +13.05.2018

Carlos Alexandre tinha 16 anos e morava com a família na cidade de Pedro Alexandre na Bahia, o jovem foi assassinado no dia das mães de 2018 com mais de 67 perfurações provocadas por um punhal.

Adolescente tranquilo, se relacionava muito bem com todos, nunc a havia tido qualquer tipo de problemas que levassem a mãe a se preocupar, já que o jovem era completamente do seio familiar.

Como Carlos Alexandre morava em uma cidade pequena, onde todos se conhecem, nada despertaria atenção especial, caso ele recebesse uma ligação, durante a noite. 

E foi justamente isso que aconteceu. O garoto estava dormindo, quando recebeu uma ligação de um amigo, a mãe estava deitada e ouviu o celular tocando, e na sequência ouviu o barulho do chuveiro, quando foi até o filho e questionou. 

Carlos Alexandre então foi até a mãe e disse que iria rapidamente dar uma saída e logo retornaria. Como ele planejava fazer chocolates, a mãe entendeu que poderia ser essa a razão da saída. Até porque, não havia razão alguma para maiores preocupações.

 

A mãe adormeceu, quando acordou viu que o filho não havia retornado, ligou várias vezes para o celular do menino, sem retorno. 

Foi quando uma amiga da família telefonou e informou que havia acontecido algo com o rapaz. 

A mãe se dirigiu ao local informado e viu o corpo do filho com mais de 67 perfurações de punhal.

 

No âmbito das investigações, conseguiu-se apurar a participação efetiva de um responsável pelo crime, que se declarou réu confesso e foi condenado há dezesseis anos e seis meses de condenação em novembro de 2019.

Mesmo com a prisão e condenação desse assassino, ainda há brechas em que a polícia acredita ter tido mais de um envolvido nesse crime, e assim sendo, ainda buscam esclarecer mais sobre o caso.

Por Elizabeth Misciasci

Webdesign Elizabeth Metynoski *Todos os Direitos Reservados*